Connect with us

portal Condeúba

pais

Greve dos caminhoneiros tem bloqueios no Paraná e outros estados

A greve dos caminhoneiros começou com vários pontos de bloqueios no Paraná e outros estados. No início desta tarde, os caminhoneiros interditaram as pistas do km 358 da BR-476 em União da Vitória, no Sudeste do estado, e as pistas do Km 667 da BR-277 em Medianeira, no Oeste. Segundo a Ecocataratas, somente ambulâncias passam pelo local em Medianeira. Já em União da Vitória, veículos de passeio e emergência estão com o acesso liberado. A paralisação, por tempo indeterminado, é motivada por questões políticas: o grupo que organiza a greve pede a renúncia da presidente Dilma Rousseff.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as BRs 476, 376 e 277 seguem com pontos de interdição parcial. No início do dia, eram quatro bloqueios em estradas paranaenses, número que aumentou ao longo do dia.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por volta das 9h10 havia quatro pontos de bloqueios em BRs que cortam o Paraná, e outro que já havia sido liberado, em Medianeira, na BR-277, no Oeste do estado.

Por volta das 7h15, o ponto concentrava cerca de 200 manifestantes. Eles têm apoio dos empresários da região, segundo apurou a PRF local, que foi liberado às 9 horas. Os manifestantes dizem que voltarão a fechar o ponto às 13 horas.

Outra interdição nesta manhã é registrada na BR-376, na altura de Apucarana, no Norte do Paraná. Apenas veículos leves passam pelo bloqueio, no km 245, usando as vias marginais do trecho. O terceiro ponto, também na BR-376, no km 252, na cidade de Califórnia, permaneceu bloqueado até às 11 horas. A concessionária da rodovia informou a liberação da pista.

Às 9 horas, outros dois bloqueios foram montados pelos manifestantes. Um em Paranavaí, no km 111 da BR-376, onde apenas caminhões eram impedidos de passar. Outro em Nova Esperança, no km 133 da BR-376, onde também era permitida a passagem de veículos leves.

Às 10 horas, a PRF informou o bloqueio parcial da BR-277, no km 339, em Guarapuava, com passagem liberada para veículos de passeio, carros de emergência, ônibus e perecíveis.

O movimento dos caminhoneiros também registrou paralisações de caminhoneiros na PR-445, em Cambé, caminhões parados no acostamento.

Ás 10h30, foram registradas manifestações também nas BRs 163, em Capitão Leônidas Marques, no km 139, e na 153, km 111, em Ibaiti. Em ambos, passagem liberada para veículos de passeio e emergência.

Estaduais

Em rodovias estaduais, há restrição de tráfego na PRC-280, no km 175, em Clevelândia, no Sul. Conforme informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), neste ponto os caminhoneiros permitem a passagem de automóveis, ônibus e ambulâncias.

A PRE alerta ainda sobre um bloqueio parcial na PR-317, na altura de Maringá, nas saídas para Iguaraçu e Campo Mourão. Apenas caminhões são impedidos de passar, com passagem liberada para viaturas, ambulâncias, carros, motos, ônibus e transporte de oxigênio hospitalar.

A promessa dos grevistas é fechar quatro trechos de rodovias que dão acesso ao município ainda nesta manhã. Segundo um dos organizadores da paralisação, o caminhoneiro Agnaldo Palma, uma carreata está marcada para às 16 horas, na PR 317.

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

More in pais

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba