Connect with us

portal Condeúba

Notícias

Vitória da Conquista registra primeiro caso de microcefalia. Prefeitura está monitorando

Foi realizada a mobilização dos profissionais de saúde para notificação de casos de microcefalia em Vitória da Conquista.

A Secretaria de Saúde está realizando a investigação sobre a doença. Até agora, não foi identificada correlação com o Zika Vírus.

Em Vitória da Conquista o Governo Municipal, seguindo orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (Sesab), mobilizou a Vigilância Epidemiológica quanto à notificação de casos de microcefalia no município. O motivo é por conta do alerta máximo no levantamento de notificações de casos de microcefalia nos serviços de saúde, principalmente para os hospitais que tenham maternidade.

Também já foi encaminhada nota técnica para estes serviços com orientações sobre o diagnóstico e a notificação imediata à Secretaria Municipal de Saúde sobre aparecimento de novos casos. Até o dia 25 de novembro, foi identificado um caso de microcefalia em um recém-nascido do município. A Secretaria de Saúde está realizando a investigação sobre a doença. Até agora, não foi identificada correlação com o Zika Vírus.

Com índice de infestação predial de 2,4 – número maior que o preconizado pelo Ministério da Saúde – e tendo em vista que o último levantamento identificou que 100% das larvas foram encontradas em residências, é muito importante que a população também elimine o mosquito da dengue. As medidas são simples: basta eliminar qualquer foco de água parada e receber os agentes de endemias. “O levantamento de infestação, também identificou a dificuldade que os agentes de endemias estão encontrando para fazer o tratamento em algumas casas, nas quais mesmo o morador estando, ele não recebe o agente. Então, nós pedimos a população que receba o agente de endemias em suas residências”, solicitou a secretária de Saúde, Márcia Viviane de Araújo Sampaio.

Sobre a doença

A microcefalia é uma malformação congênita onde o cérebro não se desenvolve de maneira adequada.

A microcefalia, malformação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada, apesar de não ser uma doença desconhecida, tem atraído todas as atenções dos profissionais de saúde e da população brasileira, por conta do aumento do número de casos no Brasil e por conta de sua associação preliminar ao Zika Vírus, que é transmitido pelo Aedes aegypti, mesmo mosquito transmissor da dengue e da Chinkungunya. Neste momento de alerta, a Prefeitura orienta a população, sobretudo as gestantes, para eliminarem o mosquito da dengue e também realizarem suas consultas de pré-natal, fazendo todos os exames recomendados pelos médicos. Caso apareça algum sintoma da doença, como febre alta, manchas avermelhadas e coceiras, procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

Estatística

Até o dia 25 de novembro, foram notificados 566 casos suspeitos para dengue, destes 196 foram negativos, 341 positivos, 24 aguardam o resultado e 5 foram indeterminados. Em relação ao Zika, foram notificados 32 casos suspeitos que aguardam resultado. Quanto a Chinkungunya foram notificados dois casos suspeitos com resultados negativos.

Fonte: http://www.vitoriadaconquistanoticias.com.br

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Notícias

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba