Connect with us

portal Condeúba

Mundo

Terremoto mata mais de 20 crianças em escola na Cidade do México

Trinta crianças ainda estão desaparecidas. Buscas continuam nesta quarta-feira e número de mortos em todo o país foi revisado para 225.

Ao menos 22 crianças morreram e outras 30 estão desaparecidas sob os escombros de uma escola na Cidade do México que desabou durante o terremoto de 7,1 graus que sacudiu na terça-feira (19) o centro do México. Em todo o país, o número de mortos foi revisado para 225 nesta quarta (20).

O último balanço das vítimas foi divulgado pelo presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, na manhã desta quarta-feira. Além das crianças, dois adultos morreram e 12 estão desaparecidos na escola Enrique Rebsamen, de acordo com a Reuters. A TV Televisa diz que o número de mortos na escola chega a 32.

Terremoto deixa mais de 200 mortos no México

Terremoto deixa mais de 200 mortos no México

De acordo com a BBC desabamento, que afetou a saída de emergência da escola, ocorreu justamente quando pais e responsáveis retiravam as crianças do local durante o tremor. As equipes de resgate passaram a noite em uma procura desesperada por sobreviventes. Voluntários ajudavam socorristas a conseguir água, medicamentos e gasolina para geradores elétricos usados no resgate.

De acordo com a Defesa Civil do México, as 225 mortes foram registradas na Cidade do México (94), Morelos (71), Puebla (43), Estado do México (12), Guerrero (4) e Oaxaca (1).

O Serviço Geológico dos EUA (USGS) detectou o epicentro do tremor perto da cidade de Izucar de Matamoros, que fica ao sul da capital mexicana, às 15h14 (hora de Brasília). Houve registro de mortos nos estados de Morelos, Puebla e Guerrero e na Cidade do México.

A escola foi uma das centenas de edificações que ficaram destruídas com o tremor. Imagens de celular mostram o momento em que um desses edifícios desabou. Quase 2 milhões de pessoas na Cidade do México ficaram sem eletricidade e as linhas telefônicas entraram em colapso. Brasileiros relatam devastação provocada pelo tremor.

Voluntários buscam nesta quarta-feira (20) crianças soterradas após o desabamento da escola Enrique Rebsamen, na cidade do México  (Foto: Miguel Tovar/ AP) Voluntários buscam nesta quarta-feira (20) crianças soterradas após o desabamento da escola Enrique Rebsamen, na cidade do México  (Foto: Miguel Tovar/ AP)

Voluntários buscam nesta quarta-feira (20) crianças soterradas após o desabamento da escola Enrique Rebsamen, na cidade do México (Foto: Miguel Tovar/ AP)

O Papa Francisco pediu nesta quarta para que os fieis rezassem pelas vítimas do terremoto. “Vi que há muitos mexicanos hoje aqui entre vocês. Causou muitas vítimas e danos materiais. Neste momento de dor quero manifestar minha proximidade e oração a toda a querida população mexicana”, afirmou durante a audiência semanal no Vaticano.

Coincidência de datas

O abalo ocorreu exatamente 32 anos depois do grande terremoto mexicano de 19 de setembro de 1985, que matou pelo menos dez mil pessoas — o número total é incerto.

O México fica entre cinco placas tectônicas e é um dos países com maior atividade sísmica no mundo. Em 7 de setembro, um terremoto de magnitude 8,1 atingiu o sul do país e deixou mais de 90 mortos.

Cão trabalha nas operações de resgate de vítimas de terremoto em escola na Cidade de México  (Foto: Carlos Cisneros/ AP) Cão trabalha nas operações de resgate de vítimas de terremoto em escola na Cidade de México  (Foto: Carlos Cisneros/ AP)

Cão trabalha nas operações de resgate de vítimas de terremoto em escola na Cidade de México (Foto: Carlos Cisneros/ AP)

Equipes de resgate trabalham para retirar sobreviventes na escola Enrique Rebsamen, no México, que desmoronou após o tremor de terça-feira (19)  (Foto: Carlos Cisneros/ AP) Equipes de resgate trabalham para retirar sobreviventes na escola Enrique Rebsamen, no México, que desmoronou após o tremor de terça-feira (19)  (Foto: Carlos Cisneros/ AP)

Equipes de resgate trabalham para retirar sobreviventes na escola Enrique Rebsamen, no México, que desmoronou após o tremor de terça-feira (19) (Foto: Carlos Cisneros/ AP)

Terremoto que atingiu o México em 19 de setembro (Foto: Arte/G1) Terremoto que atingiu o México em 19 de setembro (Foto: Arte/G1)

Terremoto que atingiu o México em 19 de setembro (Foto: Arte/G1)

 fonte:g1

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Mundo

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba