Connect with us

portal Condeúba

curitiba

Tempo vira, temperatura despenca e chuva causa estragos em Curitiba

O dia quente de sol em Curitiba repentinamente se transformou em tempestade no início da tarde desta quarta-feira (21). O céu escureceu e a temperatura despencou 13 graus em pouco mais de uma hora, passando de 31,8° C para 18,5° C. Há registros de granizo em várias áreas da cidade, assim como na região metropolitana. O temporal causou estragos que variam de alagamentos a quedas no fornecimento de energia elétrica.

Confira fotos da chuva em Curitiba

De acordo com a meteorologista Sheila Paz, do Simepar, a tempestade foi consequência da combinação de frente fria e calor intenso. A estimativa é de que as rajadas de vento tenham ficado entre 55 e 60 km/h, principalmente na região Norte de Curitiba, atingindo também algumas cidades metropolitanas

A Copel confirmou que 22 mil unidades estão sem energia elétrica, principalmente na região dos bairros Santa Quitéria, Novo Mundo, Mossunguê e Campina do Siqueira. A previsão é de que o serviço seja restabelecido no final da tarde.

O mau tempo complicou também os pousos e decolagens no aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais. Por volta das 16 horas, sete voos estavam atrasados e um foi cancelado, para Guarulhos. Uma aeronave da TAM e pousaria no aeroporto e iria para Congonhas teria sido deslocada para Londrina.

De acordo com Claudio Wojcikiewisz, diretor do Departamento de Gestão de Risco, os 11 pluviômetros municipais registram chuva intensa, com média de 40 milímetros em uma hora. O recorde foi em Santa Felicidade, com 60,8 mm. Ele conta que a área de instabilidade se formou rapidamente, em cinco minutos, e que já está deixando a cidade rumo ao Norte, em São Paulo. Contudo, o sistema continua em alerta porque uma linha de instabilidade está vindo de Santa Catarina e pode causar mais chuvas em Curitiba no final da tarde.

Dois Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis), Camponesa e Saturno, na região de Santa Felicidade, estão com atividades paralisadas porque a água atingiu as salas de aula. Naquela mesma região da cidade, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campo Comprido está sem luz, funcionando com gerador de energia para atender apenas casos considerados de emergência. As Unidades de Saúde Tancredo Neves e Gabineto, na Cidade Industrial, também estão sem energia elétrica e não estão prestando atendimento. Um eucalipto caiu dentro do terreno da escola Dario Veloso, na CIC, sem ferir ninguém ou danificar a estrutura do prédio.

Leitor registra alagamento na rua Visconde de Nácar

alagamento

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

More in curitiba

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba