Connect with us

portal Condeúba

História

Judô

Única arte marcial que compõe o programa paraolímpico, o judô para atletas cegos é praticado desde a década de 70, tendo estreado no masculino nos Jogos em Seul-1988, e no feminino, em Atenas-2004.

Desde o início, o Brasil revelou ter grande força na modalidade. Logo na estréia, três atletas conquistaram a medalha de bronze: Jaime de Oliveira (até 60 kg), Júlio Silva (até 65 kg) e Leonel Cunha (acima de 95 kg). Mas a primeira vez do país no topo do pódio foi em Atlanta-1996, quando Antônio Tenório faturou o ouro na categoria até 86 kg. O judoca ainda repetiu o feito em Sydney-2000 (até 90 kg), Atenas-2004 (até 100 kg) e Pequim-2008 (100 kg). Em Londres-2012, Tenório ficou com o bronze. No total, o país acumula 18 medalhas nos Jogos, sendo quatro de ouro, cinco de prata e nove de bronze.

Classificação

Além das categorias por peso, os atletas são classificados de acordo com o grau da deficiência visual. No entanto, judocas de diferentes classes podem competir juntos.

B1
Cegos totais ou com percepção de luz, mas sem reconhecer o formato de uma mão a qualquer distância

B2
Atletas com percepção de vultos

B3
Atletas que conseguem definir imagens

As provas

Masculino e feminino, com subdivisões de categorias segundo o peso.

Curiosidades

Pegada constante
Há poucas adaptações no judô paraolímpico em relação ao convencional. Os atletas começam a luta já segurando o quimono do adversário, posicionados assim pelo árbitro central, que conduz a luta para que o contato seja permanente. Ao aplicar uma punição, o árbitro também avisa a qual judoca está se referindo. Os atletas não são punidos por sair da área de luta.

Acesse também

Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV)
Site: 
www.cbdv.org.br
E-mail: cbdv@cbdv.org.br

 

 

medalhas

Ouro Prata Bronze Total
4 5 9 18
Praticada por atletas com deficiência visual, o judô perde apenas para o atletismo e a natação entre as modalidades que mais renderam medalhas ao Brasil em Jogos Paraolímpicos. Ao todo, são 18, sendo quatro de ouro, cinco de prata e nove de bronze. As primeiras conquistas ocorreram em Seul-1988, quando o país levou três bronzes. O Brasil está presente no pódio paraolímpico de judô em todas as edições desde Atlanta-1996.
Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in História

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba