Connect with us

portal Condeúba

Brasil

GREVE DOS CAMINHONEIROS É MANOBRA GOLPISTA

247 – A liderança do PT na Câmara Federal, que tem como deputado Sibá Machado (AC), reforça que a greve dos caminhoneiros têm como objetivo pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Segundo informações divulgadas pela assessoria da liderança do PT, “essa propagandeada greve dos caminhoneiros é um movimento coordenado por Ivar Schmidt, de Mossoró (RN), cujo único objetivo é o impeachment da Dilma”. Os caminhoneiros pretende fazer atos, nesta segunda-feira (9), para pedir a saída da presidente Dilma.

“Todas as entidades de autônomos são contra”, diz o texto. “Na terça-feira haverá evento do transporte rodoviário de cargas, com todas as lideranças reais dos Caminhoneiros e esse Ivar Schmidt não estará lá. Simplesmente porque ele é apenas um empresário agitador pró-impeachment, que não tem respaldo nem da bancada ruralista, diz a n”.

A greve é apoiada por movimentos pró-impeachment, como o “Vem Pra Rua”, o Movimento Brasil Livre (MBL), e o “Revoltados Online”. Um vídeo publicado no Facebook mostra um representante do Comando Nacional do Transporte identificado como Sr. Henrique Ferla, caminhoneiro autônomo, dizendo pedindo a saída da presidente Dilma.

“Chegou a hora de arregaçar as mangas. Vamos mostrar para o governo quem é que manda neste País. Ele não manda, ele administra. Sai fora governo corrupto”, dispara.

Outro vídeo publicado na mesma rede social, Ivar Schmidt confessa há entidades sindicais contra a paralisação. “Quem vocês representam? Por quem vocês lutam?”, questionou.

O governo federal afirma que atendeu a maioria das reivindicações da categoria que fez uma paralisação em abril deste ano. Os caminhoneiros continuam pedindo a redução do preço do óleo diesel, salário unificado em todo o País, criação do frete mínimo (este o governo reconhece que não conseguiu atender), liberação de crédito com juros subsidiados no valor de R$ 50 mil para transportadores autônomos, e ajuda federal para refinanciamento de dívidas de compra de seus veículos.

Com o objetivo de monitorar a greve marcada para segunda-­feira (9) em nível nacional, a presidente Dilma convocou um gabinete de crise e escalou ministros e assessores do governo. Foram escalados os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), além do secretário especial do Trabalho, José Lopez Feijóo, para dialogar com representantes do setor.

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

More in Brasil

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba