Connect with us

portal Condeúba

Notícias

Furdunço: Com tumulto, muro cede e pessoas invadem condomínio na Barra

Parte do muro e das grades do condomínio Barralândia, na Avenida Oceânica, na altura do Cristo da Barra, cedeu no último domingo (19) durante o Furdunço. Segundo informações do jornal Correio, a estrutura não resistiu à aglomeração de pessoas que acompanhavam a passagem de Léo Santana pelo circuito. “Foi assustador. Você pensa que dentro de casa está seguro, então, ver aquele monte de gente invadindo o condomínio foi uma cena de terror. Estou grávida de oito meses, tenho um filho de 11 anos e uma avó de 90. Eles estavam aqui quando tudo aconteceu. Entramos em pânico”, relata a modelo Rebecca Pontual, 34 anos, que assistiu o tumulto da janela do 4º andar. Segundo Rebecca, pessoas que estavam encostadas no muro acabaram sendo pisoteadas pela multudão. Três carros que estavam estacionados no condomínio foram arranhados e um foi amassado. Vendedores ambulantes tiveram as barracas viradas e algumas caixas de isopor foram destruídas propositalmente por brigões. A moradora também flagrou três homens que aproveitaram a confusão para assaltar os foliões. Ela relata também que algumas pessoas tentaram invadir os apartamentos. “Estavam batendo com força na nossa porta. Não sei quem era porque eles taparam o olho mágico e ficamos assustados. Colocamos o sofá para bloquear a porta e eu liguei para a polícia, mas eles disseram que não podiam fazer nada. Foram três ligações e nada. Comecei a gritar da janela para o posto policial que estava ao lado do prédio, mas eles foram indiferentes”, afirmou Rebecca. Moradores procuraram a delegacia nesta segunda-feira (20), e peritos avaliaram os danos causados no condomínio, onde moram 11 famílias vivem no condomínio. Os moradores ameaçam acionar a Justiça. Preocupados com os próximos dias de Carnaval, os residentes colocaram tapumes no local na tarde desta segunda (20) e afirmam que vão escorar o muro pelo lado de dentro do condomínio. “Não sabemos se isso será suficiente para nos dar segurança, mas não podemos deixar o local aberto. Foram 30 anos assistindo o carnaval na Barra e nunca pensei que pudesse passar por uma situação dessas”, afirmou Rebecca. A prefeitura informou que vai aguardar a notificação da Justiça para acionar a Procuradoria do Município.      fonte:bahianoticias

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Notícias

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba