Connect with us

portal Condeúba

Simões

Filha faz apelo por transferência de mãe internada em hospital de Simões Filho

Quem fica doente e precisa do serviço de regulação do Estado vive em total sofrimento por causa da demora. Esse problema é vivido por Nilza Ferreira Dantas, de 64 anos, moradora do bairro Ponto de Parada, em Simões Filho. Familiares da idosa procuraram o portal FALA SIMÕES FILHO para um pedido de socorro.A filha da dona Nilza, Lindinalva Dantas, relatou o drama. Segundo ela, a idosa está com uma das pernas quebradas e precisa de uma cirurgia com urgência, mas, para isso, uma transferência terá que ser necessária. A filha relata também que a mãe sofre com problemas de pressão e isquemia em uma das pernas, devido aos problemas de circulação causados por dois acidentes vasculares cerebrais (AVC). Atualmente, Nilza está internada no Hospital Municipal de Simões Filho.

Segundo Lindinalva, o médico do hospital afirmou que essa regulação aconteceria de dez a quinze dias, o que ainda não aconteceu. “Com ela vai suportar, meu Deus? O quadro clínico de minha mãe piora todos os dias, além de sentir fortes dores na perna quebrada”, disse a filha, desesperada.

Foto: Arquivo pessoal

 

Vizinha da família, Nádia Rodrigues da Silva disse que a paciente corre o risco de agravar caso não seja transferida. “É uma idosa que precisa de um atendimento mais rápido”, afirmou.

“Se as famílias não correrem atrás, as pessoas que estão doentes podem até morrer. O que está acontecendo com essa senhora pode acontecer com qualquer um. É por esse motivo que estamos nessa luta. Se nada acontecer, vamos protestar na porta do hospital e chamar a imprensa”, completou.   fonte:falasimoesfilho

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Simões

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba