Connect with us

portal Condeúba

Fiéis preparam praça da matriz para missa campal de Corpus Christi em Brumado 15 Jun 2017 – 11:40h Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste A Praça Capitão Francisco de Souza Meira, popularmente conhecida como Praça da Matriz, em Brumado, foi toda ornamentada com adereços para a celebração da missa campal de Corpus Christi, que acontece nesta quinta-feira (15). O que chama a atenção é a continuidade da tradição com a atuação de jovens nos preparativos do evento. O chão da praça recebeu a cobertura do tapete com os símbolos religiosos da celebração. O tapete, produzido com pó de serra, recebe coloração xadrez e cal que identificam as formas. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, a missa será celebrada no final da tarde com uma procissão pelas ruas do centro comercial. É aguardada a presença de centenas de fiéis. Sindsemb aponta abuso de poder do prefeito pelo corte do feriado de Corpus Christi em Brumado

Todo o centro comercial, bancos, casas lotéricas e repartições públicas estaduais e federais estão fechados neste feriado de Corpus Christi em Brumado. Apenas o setor público municipal está funcionado por imposição do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), que emitiu nota dizendo que os servidores faltosos não terão o dia abonado. O site Achei Sudoeste percorreu as ruas da cidade e se deparou com agentes de trânsito e agentes de endemias marcando ponto para não irritar o chefe do executivo. “Vim para o trabalho, mas não tenho como trabalhar, pois não posso invadir os estabelecimentos que estão fechados. Já sabíamos disso, mas é daquele jeito: manda quem pode obedece quem tem juízo”, ponderou um agente de endemias.     fonte:Todo o centro comercial, bancos, casas lotéricas e repartições públicas estaduais e federais estão fechados neste feriado de Corpus Christi em Brumado. Apenas o setor público municipal está funcionado por imposição do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB), que emitiu nota dizendo que os servidores faltosos não terão o dia abonado. O site Achei Sudoeste percorreu as ruas da cidade e se deparou com agentes de trânsito e agentes de endemias marcando ponto para não irritar o chefe do executivo. “Vim para o trabalho, mas não tenho como trabalhar, pois não posso invadir os estabelecimentos que estão fechados. Já sabíamos disso, mas é daquele jeito: manda quem pode obedece quem tem juízo”, ponderou um agente de endemias.    fonte:acheisudoeste

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba