Connect with us

portal Condeúba

Brasilia

Dilma: arrecadação do governo é para garantir casa própria às famílias brasileiras

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (14) que o que distingue seu governo é que para ela a população é sua maior riqueza e, por isso, sua gestão destina recursos dos impostos para beneficiar os brasileiros por meio de programas sociais, como o de habitação popular. A declaração foi dada durante a entrega de 3.422 casas do Minha Casa Minha Vida nos municípios de São Carlos, Leme e Itanhaém (SP); João Monlevade (MG); e Campo Formoso (BA). As residências vão beneficiar 13,6 mil pessoas.

“O que é que o governo fez? O governo recorreu ao dinheiro que a gente arrecada dos tributos para fazer o quê? Para garantir que as famílias tivessem acesso à casa própria. Porque antes vocês não tinham como pagar a casa própria porque os recursos não eram destinados a fazer e a cumprir o sonho que é o sonho de ter um lar. Quando fizemos isso, nós começamos um processo, e hoje eu posso dizer que já chegamos, entre entregues e contratadas, a 4,1 milhões de moradias”, comemorou Dilma.

Desse total, ressaltou, mais de 2,4 milhões de unidades habitacionais já foram concluídas e entregues, dando segurança às famílias beneficiadas. “Muitas delas pagavam um aluguel, outras viviam de favor, outras moravam em habitações precárias. Muitas têm vários filhos, outras têm aquele sonho de que um dia teriam um lar que é seu”, afirmou a presidente.

A presidenta aproveitou a entrega das novas casas para garantir a continuidade do programa, com o Minha Casa Minha Vida 3. “Nós estamos passando hoje por um período de dificuldades. Esse período de dificuldades faz com que a gente tenha de fazer esforços, que a gente tenha de tomar medidas, apertar um pouco o cinto. Mas uma coisa eu garanto para vocês: não vamos deixar de garantir o Minha Casa Minha Vida, tanto esse que é o 2 como o 3”, destacou Dilma.  Presidenta garantiu a continuidade do programa com o Minha Casa Minha Vida 3 casa minha  vida

A presidenta ressaltou que as medidas que estão sendo tomadas pelo governo, como o ajuste fiscal, são para conduzir o País à retomada do crescimento econômico. Com isso, explicou, será possível gerar mais empregos, garantir renda e oportunidades iguais. “As pessoas são diferentes, mas as oportunidades, o acesso aos serviços públicos, o acesso à educação, à saúde têm de ser iguais”, afirmou.

Fonte: Blog do Planalto

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

More in Brasilia

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba