Connect with us

Portal Condeúba

Condeúba:

Condeúba: População Arrepiou com a Embasa – Esse foi o título da matéria de 16/12/2014

A situação crítica em que se encontra atualmente o Açude Champrão, teve início em 1955, época da sua inauguração. De lá para cá ninguém nunca fez nada em benefício do açude para prevenir ou arremedar o seu reservatório, Projeto para curto, médio e longo prazo nem pensar, muito pelo contrário, o que toda a população tem visto e presenciado é o total descontrole e desinteresse por parte do DENOCs, e a “SENHORA” Embasa explorando até a última gota d’água que tiver, mesmo tendo conhecimento da sua péssima qualidade de uso, mas, mesmo assim a empresa continua vendendo água, parte da população de Condeúba além de ter que pagar a alta taxa de água para a Embasa, tem que comprar água mineral para consumir, pois água da represa tem causando alguns problemas de saúde na população, tipo diarreia cálculos renais entre outros.

Se há alguém culpado nessa questão não é a população de Condeúba, pois, em 16 de dezembro de 2014 numa audiência pública realizada na Câmara de vereadores em Condeúba, entre Embasa, Poder Público Municipal e Promotoria Pública Estadual. Naquele encontro a população de forma espontânea adentrou-se às galerias da Câmara cheios de cartazes com palavras de ordem contra a Embasa, desde aquela época o povo não aceitou a construção da adutora para levar água à cidade de Piripá, pois o povo todo viu essa deficiência do Açude Champrão e alegava a população, que não estava negando água para os amigos vizinhos, porém se eles estavam sem água por falta de capacidade da Embasa, nós aqui de Condeúba futuramente iriamos ficar como eles e, aí está chegou a época prevista pelo povo, contra toda empáfia da Embasa que de forma “mentirosa” alegava na época que o açude Champrão tinha um reservatório pra mais de dez anos, mesmo se ficasse sem entrar nenhuma gota de água. E agora Embasa? Embasa para onde? Cadê o seu plano B da Embasa? já está na hora de começar a se movimentar, ou vai esperar pra quando a chuva vier, e mais uma vez o problema fica “resolvido”. Veja a seguir abaixo a matéria da época:

Publicado por Oclides da Silveira em 16 Dez 2014 – Jornal Folha de Condeúba| e  portal  condeuba

Nesta terça feira dia 16 de dezembro de 2014, a população juntamente com os políticos de Condeúba e região disseram definitivamente não para a construção da adutora que a Embasa planejava construir “debaixo de um quieto”, para levar água à cidade de Piripá.

Participaram da audiência pública o Dr. Robson Leão Promotor Público Estadual, Diretores, Coordenadores e membros do departamento jurídico da Embasa, estiveram presentes também os Prefeitos de Condeúba Guto, a Prefeita de Piripá Sueli, o Vereador Gil de Altino da cidade de Cordeiros e os vereadores de Condeúba.

O movimento “Querem acabar com a Barragem do Champão! Não!!!” esteve presente dando as coordenadas, organizando e até mesmo segurando alguns dos populares que estavam enfurecidos com relação da Embasa de só explorar os municípios e nada mais faz em prol dos mesmos.

Os munícipes estavam portando placas e faixas com palavras de ordem contra a Embasa como: Fora!!! EMBASA!!! SANGUE SUGA DOS MUNICÍPIOS, – CONDEÚBA NÃO SUPORTA MAIS A EMBASA!!!, – DIGA NÃO A EMBASA, – Vem desassorear a Barragem do Champrão Embasa!!!, – EMBASA!!! SINÔNIMO DE ATRASO!!!, – EMBASA!!! FIM DE LINHA!!!,  – EMBASA!!! É UMA VERGONHA!!!, – EMBASA!!! RESPEITE AS LEIS MUNICIPAIS, – EMBASA!!! NÃO É SÓ VENDER ÁGUA!!!, – EMBASA!!! ONDE FOI INVESTIDO UM CENTAVO NOS MUNICÍPIOS? – EMBASA!!! TÔ FORA!!!, – EMBASA!!! NÃO ADUTORA E BARRAGEM DOS MORRINHOS JÁ!!!, – EMBASA!!! SÓ DEPENDE DE VOCÊ!!!, – EMBASA!!! DÊ ADEUS E VAI SE EMBORA!!!, – EMBASA!!! SEM ACORDO.!!! – Entre outras.

E assim foi o encontro histórico da população Condeubense e região, com os representantes do Ministério Público Estadual, Executivos da Embasa, Prefeitos e vereadores das cidades circunvizinhas a Condeúba. Que teve momentos de um clima tenso, porém respeitoso sem agressões físicas ou outros incidentes da ordem.

Houve apenas uma indisposição do povo em aceitar as decisões tomadas pela Embasa de cima para baixo, ou seja iniciou a obra sem comunicar ninguém, depois com a obra praticamente pronta, a Embasa vem solicitar uma audiência pública para ratificar tudo de errado que foi feito antes, o povo não é bobo e entendeu a falta de zelo da Embasa para com as cidades de Condeúba e Cordeiros, que no ano passado tiveram que racionar água para as duas populações, imagine se somar mais a cidade de Piripá como queria a Embasa.

O mediador do encontro foi o Presidente da Câmara Municipal de Condeúba Carlito José Pereira, que teve algumas dificuldades com os representantes dos movimentos, Presidentes de Associações, lideranças entre outros, no sentido de controlar as falas, dado a fúria em que se encontrava a população ali presente.      fonte:folha de condeuba

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Condeúba:

To Top