Connect with us

Portal Condeúba

Condeúba

Condeúba: 7 de setembro de 2019 – Ato Cívico, APLB-Sindicato

Em primeiro lugar quero dizer que a minha presença aqui nesse ato solene como representante da luta sindical no município pela APLB-Sindicato, movimento que a gente vem liderando desde abril de 2017 significa um pouco da LUTA pela independência porque é preciso compreender que o processo de independência de um povo, de um país não acontece num único dia, hora e minuto por uma única pessoa como querem nos convencer a todo custo os elitizados livros de História que romantiza o processo de independência do nosso país e propaga um roteiro patético, onde D Pedro I com muita bravura e heroísmo proclama a independência do Brasil. Infelizmente muitos sistemas de ensino ainda dissemina de modo fiel essa anedota fazendo parecê-la real no imaginário ingênuo de nossas crianças.

É prudente que se propague nas escolas um processo de independência mais real, ativo, vivo e permanente, menos romantizado, elitista, sem heroísmos porque atos heroicos os brasileiros realizam todos os dias atrás dessa tão sonhada independência. Temos tantos heróis na nossa história de independência que se quer são citados. Basta pensar nos trabalhadores em educação que luta diariamente contra a desvalorização, o responsável de família que sobrevive com apenas um salário mínimo, o negro brasileiro que até hoje luta contra o racismo, o preconceito velado, o índio, os verdadeiros donos das terras que até hoje luta para não ter suas terras invadidas e todo o povo brasileiro que desde 1500 povoam essas terras e cada um com suas particularidades construíram e constroem essa história , que não pode ser contada apenas pela perspectiva de um único dia ou de um simples grito da beira de um rio.

Dada a complexidade do termo “independência” é preciso ponderar, pensar: Seria mesmo D Pedro tão poderoso a ponto de gritar “Independência ou morte”, e estaria feito o milagre? A independência de um país se deu assim com uma simples frase? É preciso dizer ao nosso povo que não, que independência se constrói todos os dias, especialmente num país como o Brasil que foi o último da América latina a abolir a escravidão com mais de 300 anos de prática legal da cultura escravocrata, herança que até hoje sofremos na pele, principalmente se formos pensar na grande dificuldade que os trabalhadores do nosso país enfrentam para conquistar direitos e trabalhar com dignidade. A luta sindical no Brasil e todos os movimentos socias são ancoras que acolhem a necessidade que o povo sente de continuar o processo de independência do nosso país, do nosso povo a começar pela nossa realidade. É preciso nos perguntarmos diariamente que tipo de história de independência estamos construindo em Condeúba, no nosso município, no nosso bairro, na nossa rua…

É bom pensar que o milagroso grito de D. Pedro precisa ser dito todos os dias em todos os lugares por toda a sociedade que só será livre quando houver oportunidades iguais para todos, quando a gente conseguir vencer a grande desigualdade social, o maior abismo do povo brasileiro, todos os tipos de preconceitos, a corrupção, a pobreza, a opressão, a tirania, os vícios de uma sociedade que infelizmente ainda não adquiriu maturidade democrática para saber dividir o que é de todos para todos. O país é de todos. Mas, todos tem oportunidades iguais? Todos partem do mesmo ponto?

É por essas e outras questões que acreditamos no poder da luta sindical que busca a união dos trabalhadores como premissa para corrigir as injustiças sociais, pois, nessa história de querer ser independente já são 197 anos de caminhada e por isso, independência no Brasil precisa ser pensada como um processo em curso e não como uma historinha de final feliz com príncipes, princesas, rainhas e espadas.

Nesse momento eu quero te provocar. Eu quero saber se a luta da APLB-Sindicato aqui em Condeúba te incomoda, te constrange porque se te incomodar, te constranger eu e os meus companheiros de luta que hoje são muitos graças a Deus, educadamente, queremos te pedir licença porque nós precisamos continuar com o nosso grito de Independência:

Viva a luta pela independência em Condeúba!
Viva a APLB-Sindicato!!

fonte:folha de condeuba

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Condeúba

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba