Connect with us

Portal Condeúba

Eleições 2018

Cinco candidatos ao governo do estado participam de debate na TV Bahia

Cinco dos sete candidatos ao governo do estado nas eleições de 2018 participaram de debate promovido pela TV Bahia, afiliada da Rede Globo, na noite desta terça-feira (2). O encontro durou quase 2h e foi transmitido ao vivo também pelo portal pelo G1 Bahia.

Os candidatos ficaram posicionados no estúdio da emissora, no bairro da Federação, em Salvador, na seguinte ordem (da esquerda para a direita), conforme definido previamente por sorteio: João Henrique (PRTB), João Santana (MDB), Marcos Mendes (PSOL), Rui Costa (PT), Zé Ronaldo (DEM).

Somente os candidatos Célia Sacramento (Rede) e Orlando Andrade (PCO) não participaram do debate, cujo critério seguiu o definido pela Justiça Eleitoral, que determina a participação somente de candidatos filiados a partidos ou coligações que tenham mais de cinco representantes no congresso nacional.O debate, mediado pelo jornalista Márcio Gomes, foi dividido em cinco blocos, sendo os quatro primeiros com “confronto direto”, em que os candidatos puderam fazer perguntas entre si.

No primeiro e no terceiro blocos, as perguntas foram com temas livres: os candidatos falaram de questões envolvendo segurança, agronegócio, saneamento, desemprego, funcionalismo público, transporte, infraestrutura, educação, central de regulação e turismo.

No segundo e no quarto blocos, os candidatos fizeram perguntas entre si a partir de temas determinados, como geração de emprego, Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais da Bahia (Planserv), homicídios, impostos e taxas, infraestrutura, educação, agronegócio, saneamento básico, turismo e central de regulação.

Já no quinto e último bloco, os candidatos tiveram a oportunidade de fazer as considerações finais.

Considerações finais

A ordem para as considerações finais foi definida por sorteio realizado anteriormente com os representantes dos partidos. Confira o que cada candidato disse no último bloco:

Rui Costa

“Eu quero me dirigir a você que está em casa que resistiu até essa hora mesmo tendo que trabalhar amanhã cedo, meu muito obrigado. E quero mais uma vez agradecer a todas as famílias da Bahia. Por onde eu passei, pessoas idosas, crianças, adolescentes, cada abraço, cada carinho que recebi é sinal de que as pessoas reconhecem o esforço que foi feito durante esses três anos e meio, governando na maior crise que o Brasil já passou nos últimos 70 anos. É como eu gosto de dizer, nada, absolutamente nada resiste à força do trabalho e da fé em Deus. E nesse encerramento eu quero renovar a bem do nordeste brasileiro, a bem da Bahia, dos nossos filhos, dos seus, dos meus, nós precisamos ter um presidente da república que goste do povo nordestino, que construa casa para quem precisa, que ajude os estados a investir em saneamento, em geração de empregos, por isso eu quero lhe pedir o voto, com muita serenidade, com muita tranquilidade, no Fernando Haddad. O país precisa de paz, precisa retomar a credibilidade. Quero pedir também o voto nos dois senadores, Jaques Wagner e Ângelo Coronel. Juntos vão me ajudar a acelerar mais ainda a Bahia. E quero me dirigir a você para pedir o seu voto de confiança. Pode ter absoluta certeza que nós vamos continuar no mesmo ritmo. Não fazendo politicagem, nem crítica barata, nem a velha política. Isso o povo não quer mais. Eu vou continuar trabalhando com muita humildade, que sei que é o que você quer. Muito obrigado por todo o carinho. Que Deus nos abençoe. E vamos, em paz, garantir a nossa vitória no dia 7 de outubro. Muito obrigado, que todos fiquem com a companhia de Deus”.

João Henrique

“Primeiramente eu queria agradecer a Deus por esta oportunidade de estar aqui podendo disputar o governo da Bahia. E também a minha esposa, Tatiana Paraíso, aos meus filhos, Paulo Henrique, Luís Henrique, pela força que me deram nessa campanha. Quero agradecer aos nossos candidatos a senador, Celso Cotrim, número 280, que também nos acompanha hoje, e o nosso candidato a deputado federal Da Luz, número 2828. Esse é o time de Bolsonaro na Bahia. Não existe outro time. Esse é o verdadeiro time de Bolsonaro na Bahia, para quem nós pedimos o seu voto e sua confiança. Quero fazer pela Bahia muito mais que fiz até por Salvador, pois errei na gestão em Salvador, aproveito aqui para pedir minhas desculpas, nós somos humanos. Mas muito também acertamos. Acertamos quando criamos 400 mil empregos na cidade, em apenas 5 anos. Deixamos os ambulantes trabalhar em paz, sem a perseguição do ‘Rapa’. Não enchemos os taxistas de multas de trânsito, nós deixamos todo mundo trabalhar. Empresas do sul vieram para cá gerar empregos, pessoas abriram novos negócios com os prazos curtos que nós botamos para você abrir um negócio em Salvador, entre 2005 e 2011, a economia de Salvador bombou. E é isso que eu quero, bombar agora a economia da Bahia, na área da seca sobretudo, do semiárido, que leva 70% da região da Bahia, o semiárido baiano, onde moram 50% das pessoas daqui da Bahia. Gente, vamos bombar agora a economia baiana, porque a dignidade do homem está no trabalho. Nós precisamos voltar a gerar muitos empregos. E com a experiência que eu tive, à frente da prefeitura de Salvador, tenha certeza, vamos gerar esses milhões de empregos na Bahia. João Henrique, governador, 28. Jair Bolsonaro para presidente, 17. E Bahia vai mudar.”

João Santana

“Baianos, domingo é um dia fundamental. É um dia para decidir o nosso destino. O futuro da Bahia. O dia que você vai decidir entre a mentira e a verdade. Entre um governo virtual, que só existe na propaganda e a esperança de mudar a realidade para sairmos dos piores índices sociais do Brasil. Só acredito nessas mudanças se tudo partir da economia do estado. Pretendemos atacar a agricultura, pretendemos atacar o turismo, o ensino médio profissional, atentem só. De uma forma intensa, sem nos descuidarmos das áreas sistêmicas da saúde, da educação, da segurança pública e da infraestrutura. Gostaria de agradecer nesse momento uma coisa que eu nunca fiz, mas vou fazer questão. Vou agradecer aqui agora à minha mulher e meus filhos. Ana, Gustavo, Eduardo e Pedro, se não fui brilhante, me perdoem, mas fui digno, fui corajoso como sempre e tenho certeza que vocês haverão de honrar sempre o meu nome porque nós sempre defendemos o que é certo e o que é correto. Quero dizer também a vocês que eu ofereço a vocês para análise e ofereci durante toda a campanha a minha vida. Três cargos importantíssimos na vida privada e 12 na vida pública, saindo de secretário de prefeitura do interior a ministro de estado, e nada há, nenhum milímetro há que possa denegrir nossa imagem no que diz respeito aos meus costumes, a moral que eu sempre apliquei e à ética que eu possuo. Então, está na mão de vocês, eu conto com o voto de vocês. Na pior das hipóteses, precisamos ter um segundo turno porque aí então nós teremos oportunidade com um tempo bem maior de dizer cara a cara, frente a frente, como a Bahia anda e como nós pretendemos melhorá-la. Tenho dois candidatos a senador: Jorge Viana e Maurício. E uma candidata a vice. Espero que vocês saibam escolhê-los porque eles são maravilhosos”.

Marcos Mendes

“Obrigado, né, pela oportunidade aqui. Por estar participando desse processo democrático e dizer a vocês que resistiram até agora, né. Vocês agora estão analisando as propostas, candidatos que não respondem o que eu pergunto, que ainda está respondendo processo, mas diz que foi arquivado, então é uma miscelânea danada. Eu queria dizer que a Bahia hoje tem a pior educação desse país. Tem uma saúde pública, né, que é baseada em filas da morte e regulação da morte. A segurança pública em que o governo continua a afirmar que quem mata jovens negros na periferia é artilheiro na porta do gol. Na verdade, nós temos aqui um estado que pelo quinto ano consecutivo é campeão de desmatamento. Ataque frontal a servidoras e servidores, tanto da ativa, quanto aposentado. Quero dizer também a essa mulherada maravilhosa que o atual governo tem uma chapa masculina, uma chapa que tem Rui Costa, João Leão, tem Wagner e agora Coronel, retirou a única mulher, uma senadora que lutou contra o golpe até o fim, mas que foi ‘escanteada’. Por isso eu convido a mulherada, a negritude, a juventude, eu convoco todos os ambientalistas, os servidores e servidoras estaduais, o povo do campo e da cidade para se unir a essa campanha maravilhosa. Queremos Marcos Mendes e Dona Mira no segundo turno. Queremos o PSOL 50 no segundo turno. Queremos ir junto com Boulos e Sônia 50 para presidente que vem encantando esse país. Fábio e Bernadete 500. Para deputado federal e estadual, esse ano tem Caldas de Barreiras, precisamos eleger pelo menos um deputado federal em nove estados da federação. Eles querem calar a voz do partido que está encantando esse país. Um partido necessário, um partido coerente, por isso vote em candidatas e candidatos do PSOL. Se você não souber o número, não tem problema, vote 50 e confirme para eleger a melhor bancada desse país. Então, pessoal, no dia 7, no segundo turno vote 50 para eleger os melhores, 50 neles”.

Zé Ronaldo

“Meu irmão, minha irmã. Antes de fazer essas considerações finais, eu quero dizer que as promessas do atual governador, do hospital no extremo sul, oncologia em Juazeiro, Barreiras, são promessas antigas, são assuntos requentados. Mas meu irmão, minha irmã, eu quero agradecer a vocês por todos os municípios que eu visitei, carinho, aperto de mão, o abraço o beijo com que eu fui recebido em todas essas cidades. Agradeço a Deus por esta oportunidade de estar disputando esse cargo de governador do estado. Quero aqui agradecer ao meu senador Jutahy Magalhães, gente extraordinária, um homem limpo, uma pessoa decente, que tem uma carreira política belíssima. Ao nosso senador Irmão Lázaro, um senador do povo, um homem do povo, como ele também gosta de ser chamado ‘Negão Duzentão’. A minha vice-governadora Mônica Bahia, uma pessoa fantástica, grande companheira nesta batalha, nessa eleição de governador. A todos vocês, o meu agradecimento e peço o seu voto para Jutahy 456 e Lázaro Duzentão. Agradecer a minha família, a minha esposa, os meus filhos, a todas as pessoas que contribuíram decisivamente para essa campanha. Ao prefeito ACM Neto, um grande companheiro na luta, que bravamente tem lutado conosco nesse processo eleitoral. Aos meus candidatos a deputado estadual, aos meus candidatos da Câmara Federal, meus agradecimentos. A luta continua. Domingo você decide. Se quer continuar o que aí está, ou não. Eu já decidi. Domingo, eu vou votar para derrotar o PT. E eu estou vendo nas ruas do Brasil um desejo de mudança, e esse desejo de mudança, o povo está, pela Bahia toda e pelo Brasil todo, dizendo que o desejo de mudança é Bolsonaro. Portanto, o voto domingo é o voto útil para a gente derrotar o PT domingo em Brasília e na Bahia. Vamos colocar o PT para fora”.

Fonte: G1 Bahia

Continue Reading
You may also like...

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

More in Eleições 2018

To Top