Connect with us

portal Condeúba

Campeonato Estaduais: Vitória é campeão invicto após 12 anos; Confira os campeãos de outros Estados

O título baiano de 2017 é do Vitória. Depois de um empate por 1 a 1 no jogo de ida, na Fonte Nova, o time rubro-negro segurou o Bahia na tarde deste domingo (7), em um Barradão lotado, e com o empate por 0 a 0 e a vantagem por conta da melhor campanha ficando com a taça do Estadual.

O título, o 29º do clube rubro-negro, ainda veio de forma invicta, algo que não aconteceia desde 2005, quando o Vitória também superou o arquirival Bahia na decisão.

Campeonato Paulista

Jogo de ida: Ponte Preta 0 x 3 Corinthians, no Moisés Lucarelli
Jogo de volta: Corinthians 1 x 1 Ponte Preta, na Arena Corinthians

O Corinthians entrou em campo com uma vantagem enorme, a maior entre os principais estaduais, e, 40 anos depois da lendária decisão de 1977 contra a própria Ponte Preta, conquistou o seu 28º título Paulista.

Corinthians

Campeonato Carioca

Jogo de ida: Fluminense 0 x 1 Flamengo, no Maracanã
Jogo de volta: Flamengo 2 x 1 Fluminense, no Maracanã

O Fluminense precisava de pelo menos um gol para levar a decisão para os pênaltis e começou a partida com tudo. Logo aos três minutos, Henrique Dourado, o ceifador, aproveitou bola cruzada na área e fez para o tricolor carioca.

Boas chances foram criadas para ambos os lados ainda na primeira etapa, mas só no segundo tempo a bola balançou o barbante do Maracanã novamente. Aos 39, Gabriel cobrou escanteio, Réver ganhou de Henrique e cabeceou para boa defesa de Cavalieri, na sobra, porém, estava Guerrero, que fuzilou de pé esquerdo para deixar tudo igual.

Com 1 a 1, o Flamengo já era campeão, mas com o Fluminense todo no ataque, o rubro-negro ainda virou a partida com Rodinei, aos 50 minutos, em rápido contra-ataque. Ainda deu tempo do goleiro do Flu ser expulso após falta em Rodinei. Final: Flamengo campeão pela 34ª vez para mais de 68 mil torcedores no Maracanã.

Campeonato Mineiro

Jogo de ida: Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG, no Mineirão
Jogo de volta: Atlético-MG 2 x 1 Cruzeiro, no Independência

O Atlético-MG começou o clássico contra o Cruzeiro com a vantagem de poder empatar para ser campeão, já que teve melhor campanha. Mas Fred e Robinho parecia que não sabiam disso. Logo aos 12 minutos, o camisa 7 recebeu do centroavante dentro da área e só empurrou para o fundo do gol.

No segundo tempo, Ábila, muito ligado, aproveitou cruzamento de Rafinha, dominou no peito, girou e finalizou com muito estilo, de voleio para deixar tudo igual. Aos 24, Elias jogou água no chope e esfriou as chances cruzeirenses, que precisavam virar a partida para ser campeão. Final: Atlético-MG campeão estadual pela 44ª vez.

Campeonato Gaúcho

Jogo de ida: Internacional 2 x 2 Novo Hamburgo, no Beira-Rio
Jogo de volta: Novo Hamburgo 1 (3) x (1) 1 Internacional

O Novo Haburgo surpreendeu ao empatar com o Internacional no primeiro jogo em pleno Beira-Rio e começou a partida decisiva com tudo. Logo aos 21 do primeiro tempo, Ernando tentou afastar, mas fez contra a própria meta. A reação do colorado veio só no segundo tempo.

Logo aos três minutos, D’Alessandro recebeu na direita e cruzou, após disputa, a bola sobrou para Rodrigo Dourado estufar as redes. A partida terminou empatada e a decisão foi para os pênaltis e aí brilhou a parte azul em Caxias do Sul. Com três pênaltis desperdiçados, entre eles o do camisa 10, o Inter foi superado por 3 a 1 e não conseguiu o heptacampeonato estadual. Bom para o Novo Hamburgo, que pôde gritar campeão pela primeira vez na história.

Campeonato Parananese

Jogo de ida: Atlético-PR 0 x 3 Coritiba, na Arena da Baixada
Jogo de volta: Coritiba 0 x 0 Atlético-PR, no Couto Pereira

Após vencer a primeira partida por 3 a 0 fora de casa, o Coritiba foi recebido pelo seu torcedor com muita festa e já com uma mão na taça do Campeonato Paranaense. Em boa parte do primeiro tempo controlou as ações e a melhor chance dos rubro-negros veio apenas aos 45 minutos.

Na etapa final, o Furacão foi pra cima e o Coxa se fechou, não deixando que o rival furasse a boa defesa. A melhor chance foi aos 32 com cobrança de falta de João Pedro. Final: Coritiba, pela 38ª vez, campeão Paranaense.

Campeonato Catarinense

Jogo de ida: Avaí 0 x 1 Chapecoense, na Ressacada
Jogo de volta: Chapecoense 0 x 1 Avaí, na Arena Condá

Pouco mais de cinco meses depois da tragédia que matou parte do elenco campeão estadual de 2016, a Chapecoense voltou a conquistar um título. Após vencer o primeiro jogo contra o Avaí por 1 a 0, o Verdão do Oeste fez valer o regulamento e, apesar de ser derrotado pelo mesmo placar, se tornou bicampeão pela primeira vez em sua história.

O elenco da Chapecoense campeão Catarinense de 2017
O elenco da Chapecoense campeão Catarinense de 2017

O gol do Avaí foi marcado por Leandro Silva, aos 27 do primeiro tempo, mas foi só. Pela sexta vez, a Chapecoense conquistou o título do Campeonato Catarinense, para a alegria dos torcedores e de todos que ajudaram na reconstrução de um dos times mais amados do Brasil.

Outros estaduais

Em outros estaduais pelo Brasil, o Goiás, que havia vencido o Vila Nova na partida de ida por 3 a 0, conseguiu uma vitória mínima na partida de volta no Serra Dourada para conquistar o terceiro título goiano consecutivo.  No Sergipe, o Confiança conquistou o título e em Pernambuco o Sport empatou com o Salgueiro na partida de ida da final do estadual local. A volta acontecerá no dia 18 de junho.

Fonte: Esporte – iG / Uol

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba