Connect with us

portal Condeúba

cidade da Bahia

Caculé, Jacaraci e Licínio de Almeida estão entre os municípios com os melhores Ideb da Bahia

Três municípios da Região conseguiram as melhores notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2019 entre os municípios baianos. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (15), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

O melhor resultado para estudantes do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental foi de Licínio de Almeida. O município atingiu resultado 7.3, índice 0.5 maior do que o registrado em 2017 e 1.7 maior do que a meta do município. O Estado da Bahia atingiu média 5.3 e a média nacional foi de 5.9.

Já Caculé obteve a média de 6.6 nos anos iniciais do Ensino Fundamental, (1º ao 5º ano) no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) referente ao ano de 2019. A nota ultrapassou a meta projetada pelo Governo Federal para  o ano em questão,  que  era de  5.7. Os dados foram divulgados, nesta terça-feira (15), pelo Ministério da Educação (MEC).Com este índice, Caculé, ocupa a melhor colocação no Estado da Bahia, entre os municípios com mais de  20.000 habitantes. Com índice 6.6. Jacaraci obteve o oitavo melhor índice, com 6.5.

Já entre os estudantes do 8º e 9º ano, o município de Jacaraci conquistou o melhor resultado, 6.3. Licínio de Almeida vem em segundo lugar, com índice 6.0. Caculé aparece na quinta colocação com 5.2. Jacaraci conseguiu aumentar seu índice em 0.8 pontos em um ano e está 0.5 pontos acima da meta projetada. A média estadual neste ano foi de 4.1 e a média nacional de 5.2.

Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. O Ideb é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e das médias de desempenho no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

O Ideb agrega ao enfoque pedagógico das avaliações em larga escala a possibilidade de resultados sintéticos, facilmente assimiláveis, e que permitem traçar metas de qualidade educacional para os sistemas. O índice varia de 0 a 10. A combinação entre fluxo e aprendizagem tem o mérito de equilibrar as duas dimensões: se um sistema de ensino retiver seus alunos para obter resultados de melhor qualidade no Saeb, o fator fluxo será alterado, indicando a necessidade de melhoria do sistema. Se, ao contrário, o sistema apressar a aprovação do aluno sem qualidade, o resultado das avaliações indicará igualmente a necessidade de melhoria do sistema.

O índice também é importante condutor de política pública em prol da qualidade da educação. É a ferramenta para acompanhamento das metas de qualidade para a educação básica, que tem estabelecido, como meta para 2022, alcançar média 6 – valor que corresponde a um sistema educacional de qualidade comparável ao dos países desenvolvidos.fonte:sertaoemdia.

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in cidade da Bahia

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba