Connect with us

portal Condeúba

Condeúba

20 de Novembro dia da Consciência Negra pelo Professor Santana, José Américo e “Zé de Fernando”

No dia 20 de novembro comemora-se o dia da “Consciência Negra” em algumas cidades do Brasil, apesar de ser em caráter nacional. Aproveito o momento para fazer uma pergunta: De quem é a consciência, é do negro ou é do “BRANCO”? Ou melhor, quem precisa ter mais consciência de humanidade, de respeito pelo outro, de dignidade social e de respeito ao diferente? Quem sofre mais na sociedade, é o negro ou é o branco? Quem tem mais oportunidade no mercado de trabalho não por falta de competência, mas por aparência de cor é o negro ou é o branco no Brasil? Infelizmente, são perguntas que não se tem respostas porque a pessoa negra, sempre foi vista à margem da sociedade, inclusive em segmentos religiosos de origem africana difundida pelo país a fora.

É lamentável, que os negros e negras desde o Período Colonial foram e continuam sendo escravizados em tempos atuais num país em que se tem uma população composta de brancos, negros e índios. Tenha que estabelecer cotas racistas nas universidades públicas brasileiras, subestimando a capacidade intelectual da raça negra e de pessoas pobres desse país, privatizando o ensino público para as elites.

Entretanto, a raça negra mostrou no passado ainda conduzidos pelo chicote da escravidão nas senzalas do Sistema Perverso e Feudalista, que já ensinava o branco todo poderoso e sem “coração” a sua manifestação artística, religiosa e cultural para o Brasil Colonial. Foram contribuições inegáveis que muito contribuíram e que até os dias atuais vem contribuindo para o desenvolvimento cultural do país. Como não reverenciar o candomblé, a capoeira, o samba de roda e o folclore brasileiro.

Cabe-nos perguntar: Concretamente, quais as contribuições do homem branco? Podemos ressaltar algumas: A industrialização, o Poder, o capitalismo selvagem, a superioridade contra outra raça, a prepotência, dentre tantas outras. Foram contribuições que fizeram e continuam fazendo o povo negro sofrer no Brasil, principalmente no Nordeste, região mais pobre do país dominada por coronéis que se beneficiam da inocência de um povo e da política(gem), que se perpetuam ao PODER sem nenhum respeito aos seus comandados. No Brasil, vivemos mesmos num país injusto, racista e imperialista. Em que a democracia é obedecer desde a obrigatoriedade do VOTO, a um Sistema Autocrático, Oligárquico e Neoliberalista onde se vota em candidatos para sermos enganados, roubados e humilhados por um Congresso Nacional fascista e sem compromisso político e social com a sociedade brasileira, principalmente com aqueles mais necessitados desse país.

ANTÔNIO SANTANA,
Professor, escritor e poeta.
CONDEÚBA – BAHIA

E VIVA A HIPOCRISIA!

ze-de-fernandoJosé Carlos Batista dos Santos popular “Zé de Fernando”, Condeubense 41 anos Ensino Médio, casado com Rosita dos Santos, tem 4 filhos: Arles Eduardo, Anne Gabrielle, Arthur Emanuel e Adryan Rodrigo.

Obrigado Deus!!! Sabe o que mais gostei desse período em que trabalhei na Prefeitura? Foram as novas e boas amizades, as criticas construtivas e não tenho vergonha de dizer que trabalhei durante esses três anos na Prefeitura, saio de cabeça erguida, pois fiz meu papel com responsabilidade, transparência e amor, e aos que desejam meu lugar!!! Boa Sorte que façam melhor do que eu fiz!!!

Agradeço ao Prefeito Guto por ter me dado essa oportunidade de ser o Gestor do Bolsa Família e por último Secretário Municipal de Obras. E não posso deixar de agradecer também a Ângela Cruz, Diolino Telles, Fabiano, Selma Duarte e José Carlos, pois com eles ganhei experiências que levarei para toda minha vida. Durante esse período pude fazer diversas amizades como Anderson Alves Martins, Rosa Oliveira, Anizelino Ribero da Silva e tantos outros que levarei pra sempre no meu coração!!!

Neste dia 20 de novembro, data da Consciência Negra, quero deixar um alerta para aqueles irmãos negros, dizer a eles que não vale apena se prostituir, entrar no mundo das drogas e praticar delitos, tudo isso, por falta de oportunidades, venham vamos a luta!!! Ela é possível sim, vencer com o trabalho é muito salutar e dignificante, só depende de nós!!!

                                                                                    PRETO É COR E NEGRO É RAÇA

ze-americoSou negro sim não tenho vergonha não, desde a abolição eu luto…

Temos que conscientizar o mundo para a ideia de que somos todos irmãos, independente de etnia, crença, diferença social…

Cada pessoa tem seu papel na sociedade e somos todos igualmente importantes!
O dia 20 de novembro é muito especial para a população negra brasileira. É a data em que o Brasil reverencia o heroísmo de Zumbi de Palmares, símbolo maior da resistência e da luta dos negros contra a escravidão. Zumbi nasceu livre em Palmares no ano de 1655, mas foi capturado ainda bebê e entregue a um padre jesuíta. Batizado com o nome de Francisco, ele teve a educação cristã e estudou português e latim. Mas não abandonou as raízes. Com 15 anos, Zumbi voltou ao Quilombo dos Palmares, onde se tornou estrategista militar. O quilombo era situado no interior da Bahia. Uma comunidade que se sustentava sozinha, formada por escravos negros que escapavam das fazendas, totalmente independente do governo português. E se tratando de governo gostaria de agradecer o governo Guto pela oportunidade que me deu sem preconceitos a participar do seu governo,consciente de que deveria fazer mais, mas, algo foi feito de muita clareza a pedido dele para não distinguir as pessoas por divergência política ou de maneira alguma, essas atitudes contrariavam algumas pessoas, mas a vida eterna pertence a Deus e aqui estamos de passagem. Tudo que plantamos colhemos.

Amigo, só gratidão é pouco…. Obrigado por acreditar e confiar em mim, quando eu achei difícil acreditar em mim mesmo. Obrigado por dizer, algumas vezes, o que eu realmente precisava ouvir, em vez do que eu queria que você dissesse, e por ter me mostrado um outro lado a considerar.

Como dizia Paulo Master: A VERDADEIRA FELICIDADE VEM DA HUMILDADE E DO RECONHECIMENTO QUE SOZINHOS SOMOS MUITO POUCO OU QUASE NADA, E A VIDA SOMENTE SE COMPLETA COM O REAL SENTIMENTO DE AMOR AO PROXIMO!!

JOSÉ AMÉRICO SOUZA DE JESUS (PROFESSOR)

Podemos ver que aos poucos vão surgindo mais espaço para a classe negra e em Condeúba um dos pioneiros foi Ciríaco e por isso vamos relatar um pouquinho da sua história.

CIRIACO RIBEIRO DA SILVA nasceu na Fazenda Areal neste Município, em 30 de julho de 1940, filho do terceiro casamento de Cassiano Ribeiro da Silva com Silvina Prazeres da Silva, uma vez que ele havia sido viúvo por duas vezes.

Desde muito cedo, Ciriaco demonstrou interesse pela leitura e aprendizado, porem, não tinha escola por perto. Já a partir dos cinco anos de idade seu pai começou a lhe ensinar aos domingos, feriados e dia Santo de guarda, as primeiras letras do alfabeto e também esclarecia a realidade na época daquela Comunidade e região, onde ninguém tinha leitura, e nem sabiam olhar as horas em relógio.

Então aos seis anos Ciriaco começou a prestar serviços voluntariado na Comunidade, ensinando o povo a olhar horas em relógio. Quando ele completou oito anos seu pai o mandava ir a domicilio orientar as pessoas a tomar medicamentos, através das receitas dos farmacêuticos, pois não havia medico no município naquela época.

Aos doze anos Ciriaco tomou alguns cursos com o Sr. Anésio Jardim (já falecido), onde ele aprendeu aplicar injeções, cubicar área de terra, e também ter noções de agrimensura, para servir as pessoas das Comunidades do Areal e circunvizinhas. O primeiro paciente que Ciriaco aplicou injeção foi o Sr. Manoel Moreira dos Santos, que ainda está vivo e mora aqui na cidade de Condeúba.

Quando ele completou quinze anos em 1955, o pai que era seu grande orientador e inseparável amigo veio a falecer. Ciriaco com mais seis irmãos, sendo um do segundo e os outros do terceiro casamento. O Sr. Cassiano era um homem humilde, porem de bons conhecimentos e de muita presteza, ele funcionava na região como um verdadeiro Juiz de Paz.

Desta feita, Ciriaco passou a ser arrimo de família, e ele próprio alfabetizou seus irmãos e os criou juntamente com sua mãe e ensinou a eles prestar serviços voluntariado à Comunidade que continuava sendo muito carente, e também passou a resolver todos os problemas das Comunidades vizinhas, como divisões de terra, acerto de questões, desentendimento familiar a exemplo do que fazia o seu falecido pai.

Ciriaco como chefe da casa teve grandes dificuldades para manter o sustento da família, pois, naquela época não existia recursos oferecidos pelos Governos, não havia aposentadoria rural, salário maternidade e nem pensão por morte, muito menos Bolsa Família.

A única forma de se viver era através da agricultura, onde eles tinham uma lavoura de cana de açúcar para fazer rapadura, e plantio de arroz, feijão, mandioca entre outros. Onde eles colhiam e produziam para o próprio sustento e ainda vendiam. Devido Ciriaco ter assumido a responsabilidade de ser o chefe da sua casa muito cedo, ele optou por não se casar e nem constituiu outra família.

Ciriaco mesmo trabalhando na lavoura durante todos os dias, ainda sobrava tempo e disposições para ensinar as noites, em 1965 ele montou a primeira escolinha da Comunidade do Areal em sua própria residência, onde ele ensinava de forma voluntária. Assim foram vários jovens alfabetizados que puderam retirar seus documentos e depois partiram para o mundo em busca de melhores empregos.

A escolinha do Professor Ciriaco deu tão certa que o então Prefeito Antonio Andrade dos Santos, procurou o Professor leigo Ciriaco para continuar dando aula na mesma Comunidade, porém na casa do saúdo Manoel de Jove, e desta feita pago pela Prefeitura, assim ocorreu por todo o seu mandato que foi de 1967 a 1970. Depois em 1971 veio o censo Demográfico, em 1972 foi o censo Agropecuário feitos pelo IBGE, onde Ciriaco foi recrutado para trabalhar, e já no mandato do então Prefeito Dario Lima, retornou com a escolinha no mesmo lugar por mais quatro anos que foi de 1973 a 1976. Em 1976, Ciriaco voltou a trabalhar no censo Agropecuário no início do ano antes de começar as aulas.

E por último, foi quando Waldir Pires se elegeu Governador da Bahia em 1979 que Ciriaco foi contratado por pessoas ligadas a Educação Estadual para continuar dando aula no mesmo lugar pago então pelo Estado.

Ciriaco sempre foi muito católico, e aproveitou da oportunidade para ajudar aos amigos a evangelizar e organizar as Comunidades através de construção da Igreja como o fez juntamente com seu compadre Brasilino na fundação das Comunidades da Feirinha do Morro e Araçás. Junto com Ariovaldo fundaram a Comunidade do Areal e em seguida a Comunidade da Mandassaia do Alegre, sendo que posteriormente construíram a Igreja da Comunidade do Areal.

Na seqüência Ciriaco começou a se interessar pelos direitos do povo da zona rural e filiou-se ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Condeúba em 26 de setembro de 1984, onde mais tarde foi convidado para ser membro da Diretoria da entidade e em maio de 2004, Ciriaco foi eleito Presidente daquela entidade, o que repetiu por várias vezes ficando no cargo até setembro de 2013, totalizando 9 anos no comando do Sindicato.

Desta feita Ciriaco teve a oportunidade de viajar pelo Brasil e conhecer as mais diferenciadas realidades do povo da zona rural, onde ele buscou o que havia de melhor para sua categoria. Atualmente Ciriaco continua na Diretoria do Sindicato Rural, exercendo o cargo de 1º Secretário.

No Sindicato Ciriaco atendeu muitas pessoas assessorando o povo em busca de seus direitos, como aposentadoria, auxilio maternidade, exames e consultas médica, internações, tratamento odontológico, Bolsa Família, Garantia Safra, Garantia Estiagem, Auxilio Reclusão.

Em 2007 surgiu o “PROFAE Projeto de Profissionalização dos Trabalhadores de Enfermagem” em Condeúba, Ciriaco se matriculou e concluiu o 1º grau. Em 2012 Ciriaco concluiu o 2º grau no Colégio Estadual de Condeúba.

fonte:http://folhadecondeuba.com.br/

Continue Reading
You may also like...

Deixe seu comentário

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

More in Condeúba

To Top
seja bem vindo no watzap do portal condeuba